01.02.2016 - Atualizado 01.02.2016 às 16:05 |

Do Imaflora

Estudo do Imaflora converteu toda a safra agropecuária brasileira em proteína e energia para visualizar, pela primeira vez, a participação da agricultura e da pecuária para o fornecimento dos elementos fundamentais para a alimentação humana. A conclusão é que a agricultura supera em mais de 60 vezes a eficiência da pecuária em prodção de proteína, mesmo com menos áreas que a pastagem e com emissões de gases de efeito estufa (GEE) muito inferiores.

A análise foi feita a partir dos dados das safras de 1975 a 2006 (baseado no Censo Agropecuário do IBGE) e de projeções para 2020. Além do dado agregado nacionalmente, os resultados da safra foram segmentados para cada região do país.

O estudo demonstrou que houve aumento na produção, produtividade e emissões de GEE, tanto na agricultura, quanto na pecuária. Contudo, revelou a grande assimetria entre os dois setores em relação à quantidade e a eficiência de produção de proteína e energia e de emissão de gases de efeito estufa. Os resultados indicam a importância da aceleração das iniciativas para a intensificação e maior eficiência da pecuária no Brasil.

Veja o estudo completo

Relacionadas

Nossas iniciativas