Imagem: UNFCCC

#NOTÍCIAS

Nota do OC sobre a ratificação do Acordo de Paris por Estados Unidos e China

03.09.2016 - Atualizado 03.09.2016 às 09:35 |

“China e Estados Unidos deram uma forte sinalização política com a ratificação simultânea do Acordo de Paris. Fazê-lo à véspera da reunião das 20 maiores economias do mundo é uma demonstração de liderança e deve colocar outros grandes poluidores sobre pressão para acelerar seu processo de ratificação. A entrada em vigor do Acordo de Paris este ano, considerada muito difícil ao final da COP21, passa a ser uma potencial realidade. A Índia já indicou que ratificaria o Acordo ainda este ano. Esperamos ver nos próximos dias a aguardada ratificação do Brasil, que deveria ter acontecido no começo desta semana e acabou refém da crise política.

Antes tarde do que nunca, já que EUA e China foram os principais responsáveis pelo fracasso da conferência de Copenhague, que deveria ter-nos dado um acordo do clima global sete anos atrás. O anúncio dos dois maiores emissores, porém, é apenas um passo passo para tirar o Acordo de Paris do papel. É preciso agora começar a falar sério sobre o grau de ambição das metas de redução de emissões de todos os países do G20, inclusive as brasileiras, que ainda nos levam a um mundo de caos climático.”

Carlos Rittl
Secretário-executivo

Relacionadas

Nossas iniciativas