07.01.2015 - Atualizado 07.01.2015 às 11:35 |

As organizações do Observatório do Clima estão presentes na Conferência de Varsóvia, acompanhando as negociações, participando de eventos paralelos e pressionando por um futuro acordo climático que seja ambicioso, amplo e efetivo. Acompanhe abaixo as iniciativas que têm participação do OC e seus membros e os lances da COP-19 que atraíram a atenção do Observatório do Clima.

Conferência de Varsóvia: poucos resultados, muitas lições e desafios para o futuro (25/11/2013)
Final da Conferência deixou evidente que o processo atual de negociação está seriamente fragilizado. Mesmo com os avanços obtidos em sua reta final, especialmente em REDD+, COP 19 foi tímida nos seus principais objetivos, o que pode dificultar as negociações em torno de ações futuras contra as mudanças do clima.

Além das duas semanas de negociação, foram necessárias quase 24 horas a mais para que os negociadores conseguissem apresentar algumas decisões em temas estratégicos. Apenas REDD+ teve avanço considerável na COP 19.

 

 

 

 

 

Uma palavra se repete desde meados da semana passada, como se fosse disco riscado tocando nos alto-falantes do Estádio Nacional: frustração. Uma sensação é similar àquela que muitos tiveram há quatro anos, quando Copenhague jogou um balde de água gelada em negociadores e observadores esperançosos, mas o contexto é inverso.

 

 

 

Walk out: organizações da sociedade civil abandonam COP 19 (21/11/2013)
Grupos argumentam que a Conferência de Varsóvia já está perdida e prometem pressionar fortemente as discussões na COP 20, no próximo ano em Lima.

 

 

 

Brasil na COP 19: grupo pede mais ação e coerência do governo brasileiro (21/11/2013)
Em coletiva realizada no Estádio Nacional, representantes da sociedade civil e de coletivos da juventude brasileira na COP 19 apontaram diversos pontos e desafios que o Brasil precisa refletir para empreender esforços efetivos e representativos para combater as mudanças climáticas.

 

 

 

Sociedade civil questiona governo brasileiro sobre negociações de Varsóvia e política interna em clima (20/11/2013)
Organizações da sociedade civil e coletivos da juventude brasileira presentes na COP 19 entregam carta à ministra Izabella Teixeira com pontos imprescindíveis no posicionamento do país nas negociações de Varsóvia e na implementação das políticas públicas nacionais em clima.

 

 

 

Com o começo da fase mais aguda das negociações de Varsóvia – o segmento ministerial da COP 19 – os temores nos corredores do Estádio Nacional se concentram na possibilidade desta conferência de poucas expectativas ficar além das expectativas. Ontem a delegação brasileira realizou sua terceira conferência de imprensa nesta COP 19, e abordou alguns desses pontos mais críticos da fase final de negociação. 
A segunda semana da Conferência de Varsóvia começou com discussões intensas e algumas tentativas de produzir resultados mais concretos em alguns temas-chave.​
Marcha reúne pelo menos três mil pessoas nas ruas de Varsóvia. Esquema de segurança impede manifestantes de chegarem perto do Estádio Nacional.

 

 

 

 

Foto: Bruno ToledoCOP19 acumula polêmicas e pouco avanço nas negociações (16/11/2013)
Primeira semana da Conferência de Varsóvia reservou pouco espaço para discussões efetivas. Polarização entre países desenvolvidos e em desenvolvimento foi reforçada com a discussão sobre equidade e a proposta brasileira sobre emissões históricas. E mesmo o Brasil não escapou das polêmicas

 

 

 

Foto: Bruno Toledo​Sociedade civil e jovens preparam marcha em Varsóvia (15/11/2013)
Organizações pretendem pressionar por avanços efetivos nas negociações e protestar contra governos que obstruem as discussões oficiais na COP 19.

 

 

 

Foto: Portal O ECOPulo do desmatamento da Amazônia é banho de água fria (15/11/2013)
Esfria o tempo em Varsóvia no dia em que Izabella Teixeira, ministra do Meio Ambiente, anunciou o aumento de 28% nas taxas de desmatamento da Amazônia. Esse valor equivale a cerca de 584 mil hectares suprimidos, 127 mil a mais que no período anterior. Por André Ferretti

 

 

 

Foto: @stck.xchng​Péssima notícia: desmatamento na Amazônia cresce 28% em 2012-2013, apontam dados do governo (14/11/2013)
Novos dados do PRODES indicam aumento do desmatamento na Amazônia Legal. Mato Grosso, Roraima e Pará puxam os números. Esta situação é inaceitável, e não poderia vir em pior momento – durante a COP 19. 

 

 

​Observatório do Clima participará de side event sobre políticas públicas em clima da América Latina (12/11/2013)
Na quarta 13/11, Carlos Rittl, secretário executivo do OC, participará de evento promovido pela CAN Latin America e pela Plataforma Climática Latinoamericana no Estádio Nacional de Varsóvia

 

 

Relacionadas

Nossas iniciativas